Fonte da Telha

Eu gosto muito andar a pé. Então quando os meus amigos falaram sobre a Fonte de Telha, eu decidi de caminhar por toda a praia, até a Costa de Caparica. Esta caminhada foi longa e muito agradável, uma oportunidade fantástica por perder-me na minha mente andando. Eu explorei a vegetação, descobrindo uns velhos trilhos abandonados: provavelmente alguns anos atràs Costa de Caparica e Fonte da Telha estavam conectados por um comboio. Depois uma hora de caminhada, eu parei para comer.. E depois, eu recomecei a andar, com os pés na água e os sapatos na mochila. Eu vi surfistas, casas coloridas na praia, muitas gaivotas mas não vi nenhuma pessoa.. Eu estive muito feliz: é difícil encontrar solidão se tu morares com cinco pessoas dentro de uma cidade cercada por outras cidades!
Mas não me interpetem mal: eu gosto de estar com as pessoas! De fato depois de duas horas de caminhada, eu encontrei as minhas amigas Ada e Mari para tomar um chà e um bolo na fantástica Casinha de Chà na Costa de Caparica :)

Desculpa pelos erros mas é meu primeiro texto em português: depois destes meses, eu gostaria de saber falar e escrever português, e esta é uma optima oportunidade ;)
previous arrow
next arrow
Slider

Obrigado Diogo Lopes por ajudar-me com o português.